Sismac
  • 28 | 10 | 2019 - 11:54 Mobilização

    Paralisação de 30 minutos em defesa dos serviços públicos

    Paralisação de 30 minutos em defesa dos serviços públicos
    Manifestação continua no período da tarde, faça a panfletagem no seu local de trabalho e participe!

    O Dia do Servidor Público, comemorado neste 28 de outubro, começou com manifestação dos servidores em defesa dos serviços públicos e de suas carreiras. No início da manhã, o funcionalismo de Curitiba parou 30 minutos para conversar com a comunidade e denunciar o desmonte dos direitos sociais promovido pela gestão Greca. O ato continua no período da tarde e é muito importante que o seu local de trabalho participe!

    A manifestação também denuncia a diminuição dos salários dos servidores, o congelamento das carreiras públicas e o sucateamento dos equipamentos da educação, saúde, assistência social, administração central e demais espaços públicos. Durante todo o dia, servidores municipais fazem panfletagens nas diferentes regiões da cidade.

    A verdade é que a renda média dos servidores está caindo. Em 2017, a remuneração dos servidores da administração municipal sofreu uma redução de 15,37% de acordo com o IBGE. Além disso, a gestão tem até o fim do ano para descongelar as carreiras da categoria, mas a Prefeitura vem mantendo o trabalho das comissões em sigilo e tudo leva a crer que a intenção é retirar direitos e impor a meritocracia nos planos de carreira.

    Enquanto isso, o número de cargos comissionados aumentou em 27%. Greca tem 559 cargos comissionados – mais uma mentira do prefeito que havia prometido diminuir esse número.

    O prefeito torra o dinheiro público em propaganda e diz que não tem recursos para repor a inflação no salário dos servidores. Em 2018, foram R$ 24 milhões gastos em publicidade.

    A terceirização também é crescente. Os gastos da Prefeitura com pessoal terceirizado aumentou 14,02%, passando de R$ 261,6 milhões no segundo quadrimestre de 2018 para R$ 329,4 milhões no segundo quadrimestre de 2019.

    Ou seja, Greca quer tirar do funcionalismo para injetar cada vez mais dinheiro em empresas privadas.

  • 28 | 10 | 2019 - 11:54 Mobilização

    Paralisação de 30 minutos em defesa dos serviços públicos

    Paralisação de 30 minutos em defesa dos serviços públicos
    Manifestação continua no período da tarde, faça a panfletagem no seu local de trabalho e participe!

    O Dia do Servidor Público, comemorado neste 28 de outubro, começou com manifestação dos servidores em defesa dos serviços públicos e de suas carreiras. No início da manhã, o funcionalismo de Curitiba parou 30 minutos para conversar com a comunidade e denunciar o desmonte dos direitos sociais promovido pela gestão Greca. O ato continua no período da tarde e é muito importante que o seu local de trabalho participe!

    A manifestação também denuncia a diminuição dos salários dos servidores, o congelamento das carreiras públicas e o sucateamento dos equipamentos da educação, saúde, assistência social, administração central e demais espaços públicos. Durante todo o dia, servidores municipais fazem panfletagens nas diferentes regiões da cidade.

    A verdade é que a renda média dos servidores está caindo. Em 2017, a remuneração dos servidores da administração municipal sofreu uma redução de 15,37% de acordo com o IBGE. Além disso, a gestão tem até o fim do ano para descongelar as carreiras da categoria, mas a Prefeitura vem mantendo o trabalho das comissões em sigilo e tudo leva a crer que a intenção é retirar direitos e impor a meritocracia nos planos de carreira.

    Enquanto isso, o número de cargos comissionados aumentou em 27%. Greca tem 559 cargos comissionados – mais uma mentira do prefeito que havia prometido diminuir esse número.

    O prefeito torra o dinheiro público em propaganda e diz que não tem recursos para repor a inflação no salário dos servidores. Em 2018, foram R$ 24 milhões gastos em publicidade.

    A terceirização também é crescente. Os gastos da Prefeitura com pessoal terceirizado aumentou 14,02%, passando de R$ 261,6 milhões no segundo quadrimestre de 2018 para R$ 329,4 milhões no segundo quadrimestre de 2019.

    Ou seja, Greca quer tirar do funcionalismo para injetar cada vez mais dinheiro em empresas privadas.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS