Sismac
  • 21 | 05 | 2021 - 17:03 Informe-se

    Ajude a cobrar agilidade no pagamento da ação das horas extras de 2010

    Ajude a cobrar agilidade no pagamento da ação das horas extras de 2010
    Prefeitura tem até 10 de setembro para depositar ação das horas extras em conta judicial

    Depois de mais de três meses de trabalho, a 4ª Vara da Fazenda Pública terminou de expedir a Requisição de Pequeno Valor (RPV) para o pagamento da ação das horas extras de 2010. A Prefeitura só foi intimada em maio e terá até o dia 10 de setembro para depositar os valores em uma conta judicial.

    Agora, o pagamento depende apenas da gestão Greca, que pode quitar essa dívida com o magistério em um prazo bem menor do que o concedido pelo judiciário. Ajude a fazer pressão! Ligue para a Secretaria de Finanças no 3350-8255 e ajude a cobrar que o pagamento seja feito o quanto antes!

    A Prefeitura depositará o montante total da ação para o Judiciário, que fará a conferência e expedirá um alvará para que os valores sejam repassados ao Sindicato. O SISMMAC já organizou um sistema para que esse pagamento ocorra rapidamente e dará início a operação assim que receber o depósito. As orientações detalhadas sobre como será o procedimento para receber serão publicadas assim que a Prefeitura transferir o dinheiro para a conta judicial.

    Horas extras: veja quanto você tem direito a receber e entenda melhor a ação

    A ação das horas extras de 2010 é a maior da história do SISMMAC e abrange mais de 7.300 professoras e professores. Clique aqui para rever os valores que tem direito a receber na plataforma desenvolvida pelo SISMMAC.

    As professoras e professores lotados em CMEIs, CMAEs, Projeto Piá, que possuíam RIT ou segundo padrão em 2010 e trabalharam sábados a mais na época ainda receberão um valor a mais futuramente. A Prefeitura havia deixado de fora os profissionais de CMEIs, CMAEs e do Projeto Piá, mas a atuação do SISMMAC conseguiu que fossem incluídos a partir da conferência por folha ponto em uma segunda parte dos cálculos.

    Além disso, o SISMMAC já ganhou em primeira e segunda instância a ação que exige o pagamento de horas extras referente aos sábados trabalhados a mais entre 2011 e 2016. Ainda cabe recurso junto aos tribunais superiores em Brasília e é possível que a Prefeitura recorra mais uma vez com o objetivo de atrasar ao máximo o pagamento. De qualquer modo, essa já é uma vitória importante para o conjunto do magistério e faremos pressão para acelerar o pagamento.

    Sindicalizados terão vantagem no pagamento da ação das horas extras

    Em dezembro, o magistério decidiu em assembleia a forma de pagamento da ação das horas extras de 2010. A categoria decidiu que aqueles que optarem por não se sindicalizar ao SISMMAC deverão pagar 15% do valor a ser recebido pela ação para cobrir os gastos com a contabilidade e os honorários advocatícios.

    Para aqueles trabalhadores que se sindicalizarem ao SISMMAC até a data de pagamento da ação, o Sindicato arcará com os custos do escritório de contabilidade contratado especificamente para calcular essa ação. Por estarem sindicalizados, estes trabalhadores também não terão que pagar os honorários advocatícios.

    A vitória na ação coletiva das horas extras de 2010 é um exemplo de conquista que só foi possível graças à contribuição voluntária de todas as professoras e professores sindicalizados que, com a sua mensalidade, mantêm o Sindicato forte e atuante, com um jurídico competente. Por isso, se você faz parte dessa ação, mas ainda não é filiado, sindicalize-se!

  • 21 | 05 | 2021 - 17:03 Informe-se

    Ajude a cobrar agilidade no pagamento da ação das horas extras de 2010

    Ajude a cobrar agilidade no pagamento da ação das horas extras de 2010
    Prefeitura tem até 10 de setembro para depositar ação das horas extras em conta judicial

    Depois de mais de três meses de trabalho, a 4ª Vara da Fazenda Pública terminou de expedir a Requisição de Pequeno Valor (RPV) para o pagamento da ação das horas extras de 2010. A Prefeitura só foi intimada em maio e terá até o dia 10 de setembro para depositar os valores em uma conta judicial.

    Agora, o pagamento depende apenas da gestão Greca, que pode quitar essa dívida com o magistério em um prazo bem menor do que o concedido pelo judiciário. Ajude a fazer pressão! Ligue para a Secretaria de Finanças no 3350-8255 e ajude a cobrar que o pagamento seja feito o quanto antes!

    A Prefeitura depositará o montante total da ação para o Judiciário, que fará a conferência e expedirá um alvará para que os valores sejam repassados ao Sindicato. O SISMMAC já organizou um sistema para que esse pagamento ocorra rapidamente e dará início a operação assim que receber o depósito. As orientações detalhadas sobre como será o procedimento para receber serão publicadas assim que a Prefeitura transferir o dinheiro para a conta judicial.

    Horas extras: veja quanto você tem direito a receber e entenda melhor a ação

    A ação das horas extras de 2010 é a maior da história do SISMMAC e abrange mais de 7.300 professoras e professores. Clique aqui para rever os valores que tem direito a receber na plataforma desenvolvida pelo SISMMAC.

    As professoras e professores lotados em CMEIs, CMAEs, Projeto Piá, que possuíam RIT ou segundo padrão em 2010 e trabalharam sábados a mais na época ainda receberão um valor a mais futuramente. A Prefeitura havia deixado de fora os profissionais de CMEIs, CMAEs e do Projeto Piá, mas a atuação do SISMMAC conseguiu que fossem incluídos a partir da conferência por folha ponto em uma segunda parte dos cálculos.

    Além disso, o SISMMAC já ganhou em primeira e segunda instância a ação que exige o pagamento de horas extras referente aos sábados trabalhados a mais entre 2011 e 2016. Ainda cabe recurso junto aos tribunais superiores em Brasília e é possível que a Prefeitura recorra mais uma vez com o objetivo de atrasar ao máximo o pagamento. De qualquer modo, essa já é uma vitória importante para o conjunto do magistério e faremos pressão para acelerar o pagamento.

    Sindicalizados terão vantagem no pagamento da ação das horas extras

    Em dezembro, o magistério decidiu em assembleia a forma de pagamento da ação das horas extras de 2010. A categoria decidiu que aqueles que optarem por não se sindicalizar ao SISMMAC deverão pagar 15% do valor a ser recebido pela ação para cobrir os gastos com a contabilidade e os honorários advocatícios.

    Para aqueles trabalhadores que se sindicalizarem ao SISMMAC até a data de pagamento da ação, o Sindicato arcará com os custos do escritório de contabilidade contratado especificamente para calcular essa ação. Por estarem sindicalizados, estes trabalhadores também não terão que pagar os honorários advocatícios.

    A vitória na ação coletiva das horas extras de 2010 é um exemplo de conquista que só foi possível graças à contribuição voluntária de todas as professoras e professores sindicalizados que, com a sua mensalidade, mantêm o Sindicato forte e atuante, com um jurídico competente. Por isso, se você faz parte dessa ação, mas ainda não é filiado, sindicalize-se!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS