Sismac

Notícias | Todas

Imprimir
  • Geral

    Projeto do piso nacional vai agora ao Senado

    Na foto:
    Educadores de todo
    o Brasil acompanharam
    a CNTE no lobby junto à CCJ
    da Câmara Federal


    Depois de um ano em tramitação na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei que cria o Piso Salarial Profissional Nacional do magistério foi aprovado por unanimidade na manhã de 7 maio, pelos membros da Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania (CCJ), e agora segue para o Senado Federal. A unanimidade assegurou o caráter terminativo nas Comissões sendo, assim, dispensável o exame pelo plenário da Câmara.

    Durante a sessão, foi aprovada a emenda que dá paridade a aposentados e pensionistas. O deputado Cezar Schirmer (PMDB/RS), relator do projeto na CCJ, acatou a emenda saneadora do deputado Flávio Dino (PCdoB/MA), que obteve anuência do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) e das bancadas do governo e das oposições. Agora a matéria permanece cinco sessões na Câmara e, se não houver nenhum recurso, volta à Comissão de Constituição e Justiça para redação final, de onde seguirá para o Senado para votação na Comissão de Educação.

    O Projeto de Lei do Piso (PL 7.431/06, apenso o PL 619/07), estabelece o valor mínimo de R$ 950 para os professores habilitados com nível médio da rede pública de ensino em todo o país\
  • Geral

    Projeto do piso nacional vai agora ao Senado

    Na foto:
    Educadores de todo
    o Brasil acompanharam
    a CNTE no lobby junto à CCJ
    da Câmara Federal


    Depois de um ano em tramitação na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei que cria o Piso Salarial Profissional Nacional do magistério foi aprovado por unanimidade na manhã de 7 maio, pelos membros da Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania (CCJ), e agora segue para o Senado Federal. A unanimidade assegurou o caráter terminativo nas Comissões sendo, assim, dispensável o exame pelo plenário da Câmara.

    Durante a sessão, foi aprovada a emenda que dá paridade a aposentados e pensionistas. O deputado Cezar Schirmer (PMDB/RS), relator do projeto na CCJ, acatou a emenda saneadora do deputado Flávio Dino (PCdoB/MA), que obteve anuência do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) e das bancadas do governo e das oposições. Agora a matéria permanece cinco sessões na Câmara e, se não houver nenhum recurso, volta à Comissão de Constituição e Justiça para redação final, de onde seguirá para o Senado para votação na Comissão de Educação.

    O Projeto de Lei do Piso (PL 7.431/06, apenso o PL 619/07), estabelece o valor mínimo de R$ 950 para os professores habilitados com nível médio da rede pública de ensino em todo o país\

Notícias Relacionadas

Nenhum registro encontrado.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS