Sismac
  • 23 | 04 | 2020 - 18:33 Mobilização

    Campanha contra corte dos RITs precisa continuar

    Campanha contra corte dos RITs precisa continuar
    Manifestos enviados têm feito pressão na SME! Por isso, envie a carta da sua unidade e faça parte desta luta
    Como a reunião dessa quarta-feira (22) mostrou, a Prefeitura parece pouco disposta a ceder nos contratos de Regime Integral de Trabalho (RIT) que foram cancelados. Para a superintendência de Gestão Educacional, os contratos que foram mantidos têm vínculo direto com a exigência das 800h de aula, já os suspensos não atendem esse critério.

    O SISMMAC reivindica que a administração municipal crie mecanismos legais para que os contratos sejam retomados. E, já que para a Prefeitura o critério utilizado tem base legal, é importante ressaltar que o executivo tem plenos poderes para encaminhar um projeto de lei à Câmara Municipal que impeça a suspensão de qualquer contrato durante a pandemia de Coronavírus.

    Os vereadores da oposição têm em mãos um projeto para manutenção de todos os RITs durante o surto de Covid-19, mas que conta ainda com apenas nove assinaturas das 13 necessárias para o projeto ser debatido na Câmara Municipal. Por isso, é fundamental que você cobre o vereador do seu bairro para que ele assine a proposta de projeto de lei que impede o cancelamento dos contratos de trabalho durante a pandemia. Você encontra os emails de todos os vereadores que ainda não assinaram a proposta aqui ao lado.

    Nossa campanha pela manutenção dos RITs precisa continuar

    Nossa campanha pela manutenção de todos os contratos de RIT está incomodando a Prefeitura. E esse é o objetivo! Garanta que a sua escola também faça parte dessa luta contra o corte dos salários dos professores.

    Algumas escolas já produziram cartas expressando a solidariedade em relação aos professores que tiveram os contratos suspensos e repudiando a medida autoritária da Prefeitura que cortou autoritariamente os salários desses profissionais pela metade. Um dos exemplos é o da Escola Municipal Enéas Faria, da regional Cajuru. Na moção, o coletivo de trabalhadores da Escola lamenta que professores que são essenciais para o funcionamento da rede municipal de ensino tenham que passar por essa situação nesse momento de crise. Você pode conferir ao lado as cartas das várias escolas que já enviaram o manifesto para a SME.

    É importante que você, professora ou professor da rede, faça parte dessa luta e organize o manifesto da sua escola, exigindo a renovação de todos os contratos! A moção deve ser encaminhada para o e-mail da SME, com cópia para o e-mail do Sindicato.

    - E-mail SME: sme@curitiba.pr.gov.br
    - E-mail do SISMMAC: sismmac@sismmac.org.br

    O SISMMAC também convoca todo o magistério a mostrar solidariedade e somar forças na pressão em defesa da renovação de todos os contratos de RIT, com a publicação nas redes sociais do prefeito e das secretarias de Educação e de Finanças.

    - Facebook do Greca: https://bit.ly/2RI7lpB
    - Facebook da SME: https://bit.ly/2XPKLPZ
    - E-mail da SME: sme@curitiba.pr.gov.br
    - E-mail da Finanças: smf@curitiba.pr.gov.br

    Além disso, é fundamental que as professoras e professores sigam enviando ao Sindicato imagens que comprovem as exigências de trabalho remoto feitas pela chefia imediata desde o dia 23 de março, em especial os professores RITs e também qualquer conteúdo de assédio ou ameaça de corte de contrato. O e-mail para envio desse material é o sismmac@sismmac.org.br.
  • 23 | 04 | 2020 - 18:33 Mobilização

    Campanha contra corte dos RITs precisa continuar

    Campanha contra corte dos RITs precisa continuar
    Manifestos enviados têm feito pressão na SME! Por isso, envie a carta da sua unidade e faça parte desta luta
    Como a reunião dessa quarta-feira (22) mostrou, a Prefeitura parece pouco disposta a ceder nos contratos de Regime Integral de Trabalho (RIT) que foram cancelados. Para a superintendência de Gestão Educacional, os contratos que foram mantidos têm vínculo direto com a exigência das 800h de aula, já os suspensos não atendem esse critério.

    O SISMMAC reivindica que a administração municipal crie mecanismos legais para que os contratos sejam retomados. E, já que para a Prefeitura o critério utilizado tem base legal, é importante ressaltar que o executivo tem plenos poderes para encaminhar um projeto de lei à Câmara Municipal que impeça a suspensão de qualquer contrato durante a pandemia de Coronavírus.

    Os vereadores da oposição têm em mãos um projeto para manutenção de todos os RITs durante o surto de Covid-19, mas que conta ainda com apenas nove assinaturas das 13 necessárias para o projeto ser debatido na Câmara Municipal. Por isso, é fundamental que você cobre o vereador do seu bairro para que ele assine a proposta de projeto de lei que impede o cancelamento dos contratos de trabalho durante a pandemia. Você encontra os emails de todos os vereadores que ainda não assinaram a proposta aqui ao lado.

    Nossa campanha pela manutenção dos RITs precisa continuar

    Nossa campanha pela manutenção de todos os contratos de RIT está incomodando a Prefeitura. E esse é o objetivo! Garanta que a sua escola também faça parte dessa luta contra o corte dos salários dos professores.

    Algumas escolas já produziram cartas expressando a solidariedade em relação aos professores que tiveram os contratos suspensos e repudiando a medida autoritária da Prefeitura que cortou autoritariamente os salários desses profissionais pela metade. Um dos exemplos é o da Escola Municipal Enéas Faria, da regional Cajuru. Na moção, o coletivo de trabalhadores da Escola lamenta que professores que são essenciais para o funcionamento da rede municipal de ensino tenham que passar por essa situação nesse momento de crise. Você pode conferir ao lado as cartas das várias escolas que já enviaram o manifesto para a SME.

    É importante que você, professora ou professor da rede, faça parte dessa luta e organize o manifesto da sua escola, exigindo a renovação de todos os contratos! A moção deve ser encaminhada para o e-mail da SME, com cópia para o e-mail do Sindicato.

    - E-mail SME: sme@curitiba.pr.gov.br
    - E-mail do SISMMAC: sismmac@sismmac.org.br

    O SISMMAC também convoca todo o magistério a mostrar solidariedade e somar forças na pressão em defesa da renovação de todos os contratos de RIT, com a publicação nas redes sociais do prefeito e das secretarias de Educação e de Finanças.

    - Facebook do Greca: https://bit.ly/2RI7lpB
    - Facebook da SME: https://bit.ly/2XPKLPZ
    - E-mail da SME: sme@curitiba.pr.gov.br
    - E-mail da Finanças: smf@curitiba.pr.gov.br

    Além disso, é fundamental que as professoras e professores sigam enviando ao Sindicato imagens que comprovem as exigências de trabalho remoto feitas pela chefia imediata desde o dia 23 de março, em especial os professores RITs e também qualquer conteúdo de assédio ou ameaça de corte de contrato. O e-mail para envio desse material é o sismmac@sismmac.org.br.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS