Sismac
  • 17 | 09 | 2021 - 13:04 Mobilização

    Sindicatos e vereadores definem ações contra a suspensão do reajuste

    Sindicatos e vereadores definem ações contra a suspensão do reajuste
    Além do Legislativo, sindicatos têm assembleia com indicativo de paralisação e medidas judiciais contra ataque

    Na manhã de hoje (17), os sindicatos se reuniram com os vereadores da oposição para definir mais algumas ações para complementar os enfrentamentos contra a suspensão do reajuste de 2020 imposta por Rafael Greca.

    O vereador Professor Euler protocolou um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) para anular, ou no termo técnico jurídico, sustar o Decreto 1.495 da Prefeitura que suspende o reajuste de 3,14% concedido aos servidores no ano passado por meio das leis 15.770 e 15.771.

    A justificativa para o PDL é que uma Lei Municipal só pode ser revogada por outra Lei Municipal. E, neste caso, Greca quer revogar duas leis municipais por meio de um decreto.

    Conheça os vereadores que já assinaram o regime de urgência

    Carol Dartora
    Marcos Vieira
    Maria Letícia
    Noêmia Rocha
    Professor Euler
    Professora Josete
    Renato Freitas
    Salles do Fazendinha
    Mas, para que o PDL seja colocado em votação, é preciso que a proposta tramite em regime de urgência. Para isso, é preciso que 13 vereadores assinem o pedido de urgência que, até o momento, foi assinado por oito parlamentares, confira os nomes ao lado.

    É importante que todos os servidores pressionem os vereadores a assinar o regime de urgência e a votar em favor dos trabalhadores do município caso o projeto de lei chegue ao plenário da Câmara.

    Nossa força está na mobilização

    Mas, para além dessa ação parlamentar, os departamentos jurídicos dos Sindicatos já entraram com medidas judiciais para suspender a decisão do governo municipal. Entretanto, é com a mobilização dos trabalhadores que essas iniciativas ganham força! Por isso, é fundamental que todos os servidores do município participem da assembleia com indicativo de paralisação que acontece na próxima segunda-feira, dia 20 de setembro, a partir das 19h!

    Audiência pública sobre o confisco da aposentadoria

    Logo mais, às 14h, tem audiência pública sobre o IPMC! E é nesse espaço que a denúncia a respeito do decreto que suspende o reajuste será feita!

    A audiência é organizada pela bancada do prefeito na Câmara e, em clara prática antissindical, enquanto os vereadores terão meia hora para falar em defesa do ataque, os representantes dos servidores nos conselhos do IPMC terão apenas dois minutos e meio de fala. Os sindicatos reivindicam um tempo maior de fala no espaço, pois trata-se de um grave ataque à vida dos trabalhadores e o tema não pode ser tratado de forma leviana.

    Por isso, a presença de todos é muito importante! O evento é transmitido pelo Facebook e pelo canal de Youtube da Câmara Municipal e todos os servidores podem e devem participar, com comentários, perguntas e reivindicações!

  • 17 | 09 | 2021 - 13:04 Mobilização

    Sindicatos e vereadores definem ações contra a suspensão do reajuste

    Sindicatos e vereadores definem ações contra a suspensão do reajuste
    Além do Legislativo, sindicatos têm assembleia com indicativo de paralisação e medidas judiciais contra ataque

    Na manhã de hoje (17), os sindicatos se reuniram com os vereadores da oposição para definir mais algumas ações para complementar os enfrentamentos contra a suspensão do reajuste de 2020 imposta por Rafael Greca.

    O vereador Professor Euler protocolou um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) para anular, ou no termo técnico jurídico, sustar o Decreto 1.495 da Prefeitura que suspende o reajuste de 3,14% concedido aos servidores no ano passado por meio das leis 15.770 e 15.771.

    A justificativa para o PDL é que uma Lei Municipal só pode ser revogada por outra Lei Municipal. E, neste caso, Greca quer revogar duas leis municipais por meio de um decreto.

    Conheça os vereadores que já assinaram o regime de urgência

    Carol Dartora
    Marcos Vieira
    Maria Letícia
    Noêmia Rocha
    Professor Euler
    Professora Josete
    Renato Freitas
    Salles do Fazendinha
    Mas, para que o PDL seja colocado em votação, é preciso que a proposta tramite em regime de urgência. Para isso, é preciso que 13 vereadores assinem o pedido de urgência que, até o momento, foi assinado por oito parlamentares, confira os nomes ao lado.

    É importante que todos os servidores pressionem os vereadores a assinar o regime de urgência e a votar em favor dos trabalhadores do município caso o projeto de lei chegue ao plenário da Câmara.

    Nossa força está na mobilização

    Mas, para além dessa ação parlamentar, os departamentos jurídicos dos Sindicatos já entraram com medidas judiciais para suspender a decisão do governo municipal. Entretanto, é com a mobilização dos trabalhadores que essas iniciativas ganham força! Por isso, é fundamental que todos os servidores do município participem da assembleia com indicativo de paralisação que acontece na próxima segunda-feira, dia 20 de setembro, a partir das 19h!

    Audiência pública sobre o confisco da aposentadoria

    Logo mais, às 14h, tem audiência pública sobre o IPMC! E é nesse espaço que a denúncia a respeito do decreto que suspende o reajuste será feita!

    A audiência é organizada pela bancada do prefeito na Câmara e, em clara prática antissindical, enquanto os vereadores terão meia hora para falar em defesa do ataque, os representantes dos servidores nos conselhos do IPMC terão apenas dois minutos e meio de fala. Os sindicatos reivindicam um tempo maior de fala no espaço, pois trata-se de um grave ataque à vida dos trabalhadores e o tema não pode ser tratado de forma leviana.

    Por isso, a presença de todos é muito importante! O evento é transmitido pelo Facebook e pelo canal de Youtube da Câmara Municipal e todos os servidores podem e devem participar, com comentários, perguntas e reivindicações!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS