Sismac
  • 10 | 12 | 2021 - 14:39 Informe-se

    Taxação e novas regras de aposentadoria serão votadas na segunda (13)

    Taxação e novas regras de aposentadoria serão votadas na segunda (13)
    Participe do ato em frente à Câmara Municipal a partir das 8h e ajude a fortalecer a luta em defesa da aposentadoria

    O projeto de lei que regulamenta a Reforma da Previdência imposta com a mudança na Lei Orgânica de Curitiba entrará em votação no plenário da Câmara Municipal na próxima segunda-feira (13). Os sindicatos SISMMAC, SISMUC e SIGMUC convidam o conjunto das servidoras e servidores a acompanhar a votação com um ato, a partir das 8h, em frente à Câmara Municipal.

    Participe! Divulgue o ato para os colegas e venha somar forças na luta em defesa da nossa aposentadoria! Até segunda-feira, vamos aumentar a pressão junto aos vereadores, com cobrança nas redes sociais e envio de mensagens pelo WhastApp.

    A proposição 002.00019.2021 desdobra o conjunto de ataques imposto com a alteração da Lei Orgânica de Curitiba, aprovada em outubro, e segue os mesmos moldes a desumana Reforma da Previdência de Bolsonaro. Além de confiscar o salário de aposentados e pensionistas com a taxação de 14% do que excede o salário mínimo, o projeto também exige mais tempo de trabalho e reduz o cálculo da aposentadoria para quem está na ativa.

    Se o projeto for aprovado, entra em vigor o aumento da idade mínima para aposentadoria: cinco anos a mais para homens e sete anos para as mulheres. Além disso, o cálculo do valor também muda e passam a ser necessários 40 anos de contribuição para se aposentar com 100% da média do benefício.

    Acesse o simulador da Prefeitura e veja como ficará sua aposentadoria de acordo com as novas regras.

    Confira o material elaborado pelo SISMMAC e pelo SISMUC e entenda as regras de transição e as mudanças no cálculo do benefício.

    Veja também a simulação encomendada pelo SISMMAC sobre o impacto da taxação de 14% para aposentados e pensionista.

    Campanha pelo Referendo Popular continua até 20 de dezembro

    Até o momento, foram coletadas cerca de 30 mil assinaturas para o Referendo Popular contra a Reforma da Previdência. É preciso reforçar a mobilização para alcançarmos a meta de 65 mil eleitores até o dia 20 de dezembro.

    Se o Tribunal Regional Eleitoral acatar o pedido e confirmar a realização do referendo, o projeto fica em suspenso. Isso quer dizer que o aumento da idade mínima para aposentadoria e a taxação sobre os aposentados e pensionistas não poderiam ser aplicadas até que saia o resultado do referendo.

    Converse com os demais colegas do local de trabalho, amigos e familiares e garanta mais assinaturas para o nosso pedido. O abaixo-assinado pode ser baixado aqui.

  • 10 | 12 | 2021 - 14:39 Informe-se

    Taxação e novas regras de aposentadoria serão votadas na segunda (13)

    Taxação e novas regras de aposentadoria serão votadas na segunda (13)
    Participe do ato em frente à Câmara Municipal a partir das 8h e ajude a fortalecer a luta em defesa da aposentadoria

    O projeto de lei que regulamenta a Reforma da Previdência imposta com a mudança na Lei Orgânica de Curitiba entrará em votação no plenário da Câmara Municipal na próxima segunda-feira (13). Os sindicatos SISMMAC, SISMUC e SIGMUC convidam o conjunto das servidoras e servidores a acompanhar a votação com um ato, a partir das 8h, em frente à Câmara Municipal.

    Participe! Divulgue o ato para os colegas e venha somar forças na luta em defesa da nossa aposentadoria! Até segunda-feira, vamos aumentar a pressão junto aos vereadores, com cobrança nas redes sociais e envio de mensagens pelo WhastApp.

    A proposição 002.00019.2021 desdobra o conjunto de ataques imposto com a alteração da Lei Orgânica de Curitiba, aprovada em outubro, e segue os mesmos moldes a desumana Reforma da Previdência de Bolsonaro. Além de confiscar o salário de aposentados e pensionistas com a taxação de 14% do que excede o salário mínimo, o projeto também exige mais tempo de trabalho e reduz o cálculo da aposentadoria para quem está na ativa.

    Se o projeto for aprovado, entra em vigor o aumento da idade mínima para aposentadoria: cinco anos a mais para homens e sete anos para as mulheres. Além disso, o cálculo do valor também muda e passam a ser necessários 40 anos de contribuição para se aposentar com 100% da média do benefício.

    Acesse o simulador da Prefeitura e veja como ficará sua aposentadoria de acordo com as novas regras.

    Confira o material elaborado pelo SISMMAC e pelo SISMUC e entenda as regras de transição e as mudanças no cálculo do benefício.

    Veja também a simulação encomendada pelo SISMMAC sobre o impacto da taxação de 14% para aposentados e pensionista.

    Campanha pelo Referendo Popular continua até 20 de dezembro

    Até o momento, foram coletadas cerca de 30 mil assinaturas para o Referendo Popular contra a Reforma da Previdência. É preciso reforçar a mobilização para alcançarmos a meta de 65 mil eleitores até o dia 20 de dezembro.

    Se o Tribunal Regional Eleitoral acatar o pedido e confirmar a realização do referendo, o projeto fica em suspenso. Isso quer dizer que o aumento da idade mínima para aposentadoria e a taxação sobre os aposentados e pensionistas não poderiam ser aplicadas até que saia o resultado do referendo.

    Converse com os demais colegas do local de trabalho, amigos e familiares e garanta mais assinaturas para o nosso pedido. O abaixo-assinado pode ser baixado aqui.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS